Pesquisar este blog

Páginas

sexta-feira, 23 de outubro de 2015

C B - Aula 16 - Esboço De # O Evangelho Segundo O Espiritismo # O Evangelho E..4

C B - Aula 16 - Esboço De # O Evangelho Segundo O Espiritismo # O Evangelho E..4

 16  Esboço de o evanvelho segundo o espiritismo

O CULTO DO EVANGELHO NO LAR

FINALIDADES

1) - Estudar, cultivar e praticar o Evangelho de Jesus e, ao mesmo tempo, proteger os lares contra influências espirituais negativas.

2) - Beneficiar pessoas necessitadas por meio de preces e vibrações espirituais.

ROTEIRO

1) Escolher dia e hora da semana em que se possa contar com a presença dos familiares, observando rigorosamente a pontualidade para assegurar a assistência dos benfeitores espirituais.

2) Iniciar as reuniões, com o número que for possível de pessoas presentes. (*)

3) Designar um dos presentes para dirigir a reunião, podendo ser feito um rodízio, caso desejarem.

4) Abrir a reunião com uma prece simples e espontânea, dirigida a Deus, que poderá ser proferida por qualquer participante.

5) Ler um pequeno trecho de O Evangelho Segundo o Espiritismo e, na falta deste, do próprio Novo Testamento.

6) 6Comentar o trecho lido, com palavras simples e compreensíveis, buscando sempre a aplicação dos ensinamentos de Jesus na conduta pessoal e na vida diária, podendo qualquer dos presentes participar dos comentários, com objetividade e clareza, evitando-se debates e discussões.

7) Realizar, em seguida, vibrações de fraternidade e de amor aos necessitados, na seguinte ordem:

a. Pela paz na Terra e no coração dos homens;

b. Pela difusão do Evangelho no mundo;

c. Pelo auxílio a enfermos, encarcerados, descrentes e suicidas;

d. Pela ajuda aos trabalhadores de Jesus, que se dedicam à prática do Bem e ao esclarecimento público das verdades espirituais;

e. Pela fraternidade entre os homens, sem distinção de crenças ou condições sociais.

8) Prece de encerramento.

OBSERVAÇÕES

 (*) Não é condição sine qua non (1) que os familiares participem. A espontaneidade deve predominar sempre, para não se produzir um ambiente com ânimos contrários. A ação de um único membro da família, fazendo o Culto do Evangelho no Lar beneficiará a todos.

1) - Os lares cristãos são refúgios sagrados para os membros da comunidade, e o Culto do Evangelho no Lar é um recurso de extraordinária importância de que se utiliza o Plano Espiritual Superior para sustentar o trabalho de evangelização da humanidade e proteção da família.

2) - Por sua importância realizadora, esse trabalho é especialmente visado pelos Espíritos inferiores, que sempre interferem para impedir sua expansão, sendo necessárias: perseverança e fé para sua continuidade e preservação.

3) - Poderão ser feitas vibrações para os casos justos e graves que atinjam a sociedade, a nação e a humanidade, por exemplo, desastres, catástrofes, etc.

4) - Não se deve permitir, em hipótese alguma, que a reunião se transforme em trabalho mediúnico ou de debates sobre assuntos doutrinários.

5) - Evitar comentários e críticas ofensivas a pessoas ou religiões, bem como conversas pouco edificantes, antes, durante ou depois da reunião.

6) - Reuniões dessa natureza não devem ultrapassar a trinta minutos, podendo ser utilizada música suave e adequada, para melhor realização da preparação e do encerramento.

(1) sine qua non = indispensável

(Recomendações elaboradas pela Secretaria da Aliança em Maio de 1977) Texto contido no livro Vivência do Espiritismo Religioso - 6ª Edição, Fev./2006)

 MESMO ASSIM

Vivemos um momento na face da Terra que, por vezes, parece que todos os valores morais estão em baixa.

E você, que está buscando construir suas mais nobres virtudes, em muitos momentos se sente enfraquecido pelo próprio mundo à sua volta.

 Quando age com honestidade, comentam que você é tolo, que está remando contra a maré, em vez de fazer o que todo mundo faz. Mas se você quer ser grande perante sua consciência, seja honesto mesmo assim.

Se procura balizar seus atos na justiça, ouve que essa atitude é a de um alienado, vivendo num mundo em que vence sempre o mais forte. No entanto, seja justo mesmo assim.
 Se está construindo um lar apoiado nas colunas sólidas da fidelidade, é comum ouvir gargalhadas insanas ou comentários maldosos a respeito do seu comportamento. Seja fiel mesmo assim.

 Quando seu coração se compadece, diante dos infelizes de toda sorte, não falta a zombaria daqueles que pensam que cada um deve pensar em si próprio, ignorando os sofrimentos dos irmãos de caminhada. Tenha compaixão mesmo assim.

 Se você dedica algumas horas do seu dia, voluntariamente, em favor de alguém, rico ou pobre, que precisa da sua atenção e do seu carinho, percebe as investidas da maldade daqueles que pensam que nos seus atos há uma segunda intenção. Seja fraterno e solidário mesmo assim.

Quando você age com sinceridade, com lealdade, é comum ser taxado de insensato, fugindo do comum em que muitos usam de subterfúgios mesquinhos para conseguir o que desejam. Seja sincero e leal mesmo assim.
 Se, diante das circunstâncias do dia-a-dia, você revela sua fé em Deus e em Suas soberanas Leis, e é chamado de piegas ou crédulo, mantenha sua fé mesmo assim.

Se em face de tantos desatinos no campo da sensualidade e na falta de decoro que assola grande parte dos seres, você deseja manter-se íntegro e recatado e é chamado de louco mantenha-se íntegro e recatado mesmo assim.

Quando aqueles que se julgam acima do bem e do mal tentam apagar a chama da esperança que você acalenta no íntimo, afirmando que a esperança é a ilusão da mediocridade, mantenha a esperança mesmo assim.

E, por fim, mesmo que alguém tente roubar a sua coragem de continuar lutando e acreditando em dias melhores, mantenha sua coragem e continue acreditando mesmo assim.

 Ao findar sua jornada terrestre, e só então, você poderá contemplar a ficha de avaliação do seu desempenho. Somente você será responsabilizado por seus atos. E tenha a certeza de que todos aqueles que tentaram desviá-lo do caminho reto não estarão lá para lhe dar apoio...

 .......................................

 Madre Teresa de Calcutá, dentre tantos conselhos preciosos que legou à humanidade, deixou um conselho especial para aqueles que desejam construir na intimidade as mais nobres virtudes, dizendo:

 "Muitas pessoas são irracionais, ilógicas e egocêntricas. Ame-as, mesmo assim."

 "Se você tem sucesso em suas boas realizações, ganhará falsos amigos e verdadeiros inimigos. Tenha sucesso, mesmo assim."

 "O bem que você faz será esquecido amanhã. Faça o bem, mesmo assim."

 "A honestidade e a franqueza o tornam vulnerável. Seja honesto, mesmo assim."

 "Aquilo que você levou anos para construir, pode ser destruído de um dia para o outro. Construa, mesmo assim."

 "Os pobres têm verdadeiramente necessidade de ajuda, mas alguns deles podem atacá-lo se você os ajudar. Ajude-os, mesmo assim."

 "Se você der ao mundo e aos outros o melhor de si mesmo, você corre o risco de se machucar. Dê o que você tem de melhor, mesmo assim."

"Não concordo com uma só palavra do que dizeis, mas defenderei até a morte vosso direito de dizê-lo."

Voltaire