Pesquisar este blog

Páginas

terça-feira, 27 de outubro de 2015

Freie a tristeza

Freie a tristeza.
 
 
Se deixar, ela se avoluma, se espraia, contamina, 
destrói, arruína e sufoca você. 
É uma forma de desânimo, um cáustico, 
um desagregador de sua paz. 
Olhe para mais alto. 
Respire fundo. 
Examine a origem desse estado da alma. 
Refreie impulsos. 
Procure transformação para melhor. 
Lembre-se da alegria.
 
Convencer-se de que a sua alegria anula a 
tristeza traz imediata paz de espírito.
 
Lourival Lopes