Pesquisar este blog

Páginas

quinta-feira, 22 de outubro de 2015

ESTUDOS DOS SENTINENTOS

ESTUDO DOS SENTIMENTOS

  O tema sugere várias reflexões porque os sentimentos são amplos e variados, quando dizemos sobre o orgulho não lembramos que ele possui várias facetas que não identificamos. Até o excesso de humildade é considerado orgulho. 
Ao analisarmos o tema sob a visão espírita temos que lembrar primeiro o seguinte:
O ser humano nasceu com TODOS os sentimentos. É um pacote que vem no espírito, assim como um instrumento musical vem com todas as notas: da ré, mi, fá, sol, lá, si, dó.
Mesmo as criaturas consideradas santas possuem orgulho, vaidade, egoísmo etc. E também as mais desprovidas de evolução como os criminosos, os usurpadores, ditadores de países e dos domésticos, também são possuidores de amor e dos sentimentos mais elevados. Nos primeiros os sentimentos menos nobres estão domados, nos segundos os melhores sentimentos estão adormecidos. O que difere o sentir dos bons e dos maus é a sua graduação.
Não podemos "tirar" ou "por" sentimentos, como é muito comum dizermos que precisamos "tirar" o orgulho e "adquirir" humildade. Sentimentos não se tiram e nem se põem. Nós só conseguimos modificá-los. Por quê? Vou dar um exemplo:
Quando quero tomar leite quente, pego na geladeira o leite gelado e o esquento no fogo. O leite não muda, o que se transforma é a sua temperatura.
O gelo, o vapor, a água fervente ou gelada são todos água, só seu estado é que está alterado. Assim também são os sentimentos. O ódio é o amor gelado, a indiferença o amor frio, a paixão é o amor em estado de ebulição e o amor brando é o que está em equilíbrio. Mas todos identificamos como amor.
Todo ser humano possui amor dentro de si. Só precisa identificar o estado que ele se encontra e trabalhar com na graduação.

É importante saber tudo isso no estudo dos sentimentos para que não entremos em aflição, culpas exageradas por não conseguir "tirar" o orgulho ou a vaidade. Todos conseguem mudar, só precisam de paciência e perseverança. Nada de entrar em depressão ou estado alterado de "mea culpa". Também evitar a acomodação, pois a renovação interior é trabalho de todos os dias.
Abaixo trouxe uma lista de sentimentos para estudo:
NEGATIVO                               POSITIVO
 
Orgulho                                   Humildade Vaidade                                   Modéstia Inveja                                       Resignação Ciúmes                                     Sensatez Avareza                                   Generosidade Ódio                                         Afabilidade e Doçura
Remorso                                 Compreensão
Agressividade                        Brandura
Vingança                                Perdão e Compaixão
Personalismo                        Companheirismo
Maledicência                         Indulgência
Intolerância                           Tolerância
Impaciência                           Paciência
Negligência                            Vigilância
Ociosidade                             Operosidade
Egoísmo                                  Amor e Caridade

A finalidade deste estudo dos sentimentos, primeiramente, é abolir o estado de vergonha e inferioridade quando descobrimos em nós o orgulho ou outra imperfeição que pensávamos não possuir, mas o essencial é identificar o grau em que se encontra cada sentimento e modificá-lo. Este é o objetivo do autoconhecimento.

Não evoluiremos sem ter consciência plena do que somos e do que sentimos.

O maior de todos os Mestres, que foi Jesus, veio ensinar como aperfeiçoar os nossos melhores sentimentos. Nas palavras e nos atos:

Ensinou e mostrou a humildade.

Ensinou e mostrou a tolerância.

Ensinou e mostrou o perdão.

Ensinou e mostrou a caridade.

Ensinou e mostrou o amor.

O Evangelho de Jesus é o maior livro de autoajuda que conhecemos. E Jesus, o modelo para seguirmos.

 
                                                                             Miryã Kali/ MLucia