Pesquisar este blog

Páginas

segunda-feira, 5 de outubro de 2015

14 recordação das existencias anteriores

 14  recordação das existencias anteriores

 A TERCEIRA CRIANÇA II

O filósofo ORIZON MARDEM, fala sobre o valor da castidade.

_É honrosa para o homem, a pureza de pensamentos, e a honestidade de linguagem.
Cada qual é conforme são os seus mais vivos sentimentos. Se de índole generosa, todas as suas emoções tomarão aspectos dessa virtude.

As paixões brutas são como marinheiros amotinados que é preciso encerrar nos porões.

Nosso fonógrafo mental reproduzirá uma conversação obscena, enquanto a vida durar.

Afirmam os fisiológicos que todas as partículas de nosso organismo se renovarão periodicamente, mas nenhum químico é capaz de fazer desaparecer da memória, por completo, os vestígios de um pensamento sinistro. 

O homem perde-se quando perde a sua pureza. Não existe na vida, mais inestimável tesouro que a "castidade" que em rigor é a pureza aplicada aos pensamentos, palavras , obras, leituras, atitudes, gestos, companhias, ocupações e até alimentos.

É tão necessário manter puro o corpo físico alimentando-o e nutrindo-o, como manter puro também os sentimentos generosos e nobres. Só assim é possível conservar o harmônico equilíbrio Espiritual e Corporal .

A imaginação é o cinzel da alma e a chave do destino. 

"Sede limpos de coração. Este é o grande mandamento. Não escuteis aqueles que vos disserem que o vicio é uma necessidade. 

Nada do que é mau e pernicioso, é necessário.

Toda malícia é fraqueza. O vicio e a força, não tem parentesco algum

A pureza é a força, a saúde é o poder.

Só há um remédio eficaz contra a impureza:- a constante ocupação em coisas úteis.

Milhares de homens , deixariam cortar a mão direita, se por tal preço se pudessem ver livres das conseqüências da impureza.

As novelas e literaturas imoral, são como canos de esgoto, por onde corre, viscosa, a vaza concentrada das mais horrendas paixões, dos mais degenerados costumes e dos mais dissolutos tipos. É horrível que tão hediondas cloacas, despejem a sua imundície sobre a cabeça de nossos filhos. Quem pode matar os répteis que surgem da mente de um escritor licencioso? 

Mantende Ho! jovens ! bem puros os vossos corações.

Não percais a inocência, porque se tal vos acontecer, tereis perdido o mais precioso Dom de Deus, e não mais volvereis a encontra-lo, ainda que com lágrimas de arrependimento o busqueis.


Se uma harpa se quebra, há um artífice que a repara, se uma luz se apaga, outra luz se reascende, mas quem há que restitua louçania e fragrância, a uma flor fanada? Se um aroma se evola, quem há que o concentre de novo?

Valor da Castidade.

Quem subirá à montanha do Senhor?

Quem permanecerá nesse sacratíssimo lugar?

Quem for limpo de mãos e puro de coração. "DAVID"

Pois que ? Não sabeis que o vosso corpo é o Templo do Espírito Santo? (São Paulo)

Um coração sem mancha, não se intimida facilmente. (Shakespeare)

Se a alma é limpa, o corpo resplandece. (Hunt)

FIM