Pesquisar este blog

Páginas

sexta-feira, 16 de outubro de 2015

Amor e paz

Amor e Paz
Livro: Receitas de Paz Joanna de Ângelis & Divaldo P. Franco  

O desânimo é pântano venenoso onde se asfixiam as mais belas aspirações da vida.
A precipitação torna-se fogaréu a arder sem finalidade, muitas vezes prejudicando a lavoura do bem.
O receio sistemático constitui campo onde medram as plantas daninhas que destroem a sementeira da esperança.
A maledicência é geratriz de males incontáveis.
A preguiça urde a destruição do trabalho, tanto quanto a má vontade inspira a insensatez.
* * *
Comenta-se sobre a violência com exagerada cooperação dos veículos da moderna Informática, estimulando mentes enfermas e personalidades psicopatas a se entregarem à alucinação.
A terapia para a terrível epidemia que toma conta do mundo é o amor em todas as suas expressões.
Amor fraternal que sustenta a amizade e dissemina a confiança.
Amor espiritual que generaliza o interesse de todos pelo bem comum.
Amor cristão em serviço ativo, que desenvolve o trabalho e espraia a solidariedade.
O amor que compreende o erro è êmulo do amor que reeduca, da mesma forma que o amor que perdoa promove o amor que salva.
São formas de violência cruel: o torpe desânimo e a rude precipitação, o infeliz receio, a cruel maledicência e a maléfica preguiça, filhos espúrios do egoísmo que é, em si mesmo, o gerador dos males que desgovernam o mundo.
Contribui para a ordem e a paz mediante a utilização do verbo feliz, falando para ajudar - distendendo o conforto moral e as diretrizes de equilíbrio; mediante o pensamento - resguardando-te do pessimismo, irradiando ondas mentais de simpatia, orando em silêncio; através da ação produzindo no bem, mesmo que seja com a dádiva modesta de uma luz acesa na escuridão, de um vaso de água fria na ardência da sede, de uma côdea de pão distendida ao esfaimado, de um grão rico de vida na vala fértil com olhos postos no futuro...
Cada um pode oferecer a sua melhor parte, doar a mais importante quota que, em palavras simples e plenas, é o amor.
Jesus, em todas as circunstâncias, não obstante pudesse modificar as estruturas do seu tempo e solucionar os problemas daqueles que O buscavam, por amor ajudou cada criatura que a ele recorria, influenciando-a a mudar de atitude perante a vida e a crescer no bem, avançando em paz na direção de Deus, o amor Total.