Pesquisar este blog

Páginas

sábado, 20 de fevereiro de 2016

ESTUDO EVANGÉLICO 19 - LIVRO PALLAVRAS DE VIDA ETERNA - AÇÃO DE GRAÇAS

Estudo Evangélico
Livro: “PALAVRAS DE VIDA ETERNA”
Francisco C. Xavier / Emmanuel
Estudo n. 19


TEMA: "AÇÃO DE GRAÇAS" 

                 "Tomou o cálice e, tendo dado graças, o deu aos discípulos,                    dizendo: Bebei dele todos". 
                                                                (MATEUS, 26: 27) 

   "Na lógica do Senhor, acima de tudo, brilham os valores eternos do Espírito" 

Chegando a Jerusalém, por ocasião da Páscoa, Jesus pede aos discípulos que preparem a ceia, para que possam comê-la juntos. 

Aproveita a reunião para, mais uma vez, falar de coisas importantes, onde as palavras da citação acima destacam-se.

Esses acontecimentos precederam sua prisão no Monte das Oliveiras. Essa ceia e suas palavras objetivam glorificar o Pai pela oportunidade de ter vindo em missão à Terra, ajudar o progresso da humanidade. 

Sabia que estava próximo o sacrifício supremo, o sofrimento que teria que passar, para finalizar a sua estada entre nós, exemplificando mais uma vez a confiança em Deus. 

Seria preso injustamente, seria traído, negado por quem recebeu de perto os seus ensinamentos. 

Receberia a morte na cruz, entre dois malfeitores, e, no entanto, agradece. 

Aos olhos de Espíritos, ainda, imperfeitos, parece estranho que alguém possa erguer hosanas ao Pai, numa hora como aquela. 

Jesus, conhecendo-se como Espírito imortal, age de acordo com esses valores imperecíveis e não segundo o momento a ser vivido na matéria que embora difícil, duro, será sempre fugaz, passageiro. 

Geralmente, costuma-se agradecer com grandes festas os triunfos, as conquistas, que tem importância relativa, enquanto estamos vivendo no mundo material , mas,  que são passageiras e não terão valor no mundo dos Espíritos, porque lá o que realmente conta são as aquisições interiores. 

Acontece assim, porque na humanidade terrena, ainda em trabalho de evolução, permanece a inversão de valores. Atualmente, as pessoas já estão buscando a espiritualização, mas, devido a fragilidade das convicções, continua o apego ao que é material. 

Não despertamos o suficiente de forma consciente para os verdadeiros valores da vida, para as verdadeiras aquisições. 

Por isso, é tão difícil entender como alguém possa agradecer, louvar, glorificar pelos sofrimentos, pelas duras provas, que terá que passar, ou está passando. 

À esse respeito, diz Emmanuel - "Não te percas em lances festivos sobre pretensas conquistas na carne que a morte confundirá hoje ou amanhã, mas, no turbilhão da luta que santifica e aperfeiçoa, saibamos agradecer os recursos com que Deus nos aprimora para a beleza da Luz e para a glória da Vida. "

Maria Ap. F. Lovo 
Janeiro / 2003 

CENTRO ESPÍRITA BATUÍRA - RIB. PRETO - SP