Pesquisar este blog

Páginas

terça-feira, 3 de novembro de 2015

Imortalidade

 

IMORTALIDADE

 
       A morte não é o fim.
       Criado para a vida, o espírito transfere-se constantemente de um estado vibratório para outro, sem perder a imortalidade.
       Repara nos exemplos da natureza.
       A destruição da semente em contato com o solo não passa de transformação da vida gerando mais vida.
       O sol, que se oculta com a chegada da noite, ressurge a cada amanhecer, sem mais deixar de brilhar.
       Se te ressentes da ausência do afeto que a desencarnação transferiu para a vida no Além, não te revoltes nem te desesperes.
       Corações amoráveis o acompanham, tanto quanto a ti, a fim de que a vida de cada um siga em paz na direção do progresso.
       Confia no Pai e prossegue vivendo, fazendo o melhor ao teu alcance.
       A felicidade de quem segue no Além, muitas vezes, depende do equilíbrio de quem permanece na Terra.
       Entrega-te ao trabalho construtivo, orando e servindo, e contarás com os eflúvios de luz e paz que vertem do Alto, favorecendo-te na jornada redentora, até que te reencontres com os corações queridos, em comunhão de amor nos domínios da eternidade.

(De Novas Mensagens de Scheilla Para Você, de Clayton B. Levy)