Pesquisar este blog

Páginas

segunda-feira, 12 de dezembro de 2016

O NATAL E OS ESPÍRITAS

O NATAL E OS ESPÍRITAS

NATAL é a festa da confraternização espiritual.

A Doutrina Espírita está inteiramente identificada com a moral ensinada e exemplificada pelo CRISTO, pois seu programa implícito é a restauração da pureza da Mensagem Evangélica.

Uma razão forte, portanto, para que o Movimento Espírita se interesse cada vez mais pela nobreza e grandeza desse acontecimento.

Então o NATAL para os espíritas, não deve ser uma festa vulgar, mas um motivo de meditação acerca do ensino básico do Meigo Nazareno.

Que haja alegria, pois a lembrança do CRISTO já é por si um estímulo espiritual a reflexões mais profundas; que se promovam festas na família, nas instituições ou nos ambientes de nossa convivência, mas que a alegria tenha um sentido mais elevado, não se deixe desvirtuar pelos desperdícios e abusos que comprometem o corpo e o espírito.

Saudemos, pois, em coro, a grande oportunidade do ensejo natalino, mas procuremos dignificar a nossa alegria pelo sentimento da presença do CRISTO, que se traduz em afirmações de amor, exame de consciência e ação construtiva.

NATAL de renovação íntima! NATAL de reafirmação de fé, justamente aquela fé viva, que “encara a razão face a face”. NATAL de paz interior!


(Deolindo Amorim – Reflexões de Natal)