Pesquisar este blog

Páginas

sexta-feira, 25 de setembro de 2015

Diante da ofensa

 DIANTE  DA  OFENSA

 
       O diamante, agredido pela lapidação, transforma-se na pedra refulgente.

*

       O mármore, agredido pelo cinzel, transforma-se na estátua primorosa.

*

       A terra, agredida pelo arado, transforma-se na plantação verdejante.

*

       A madeira, agredida pela ferramenta, transforma-se no móvel encantador.

*

       O ferro, agredido pela fornalha, transforma-se em valioso instrumento de progresso.

*

       Releva cada ofensa recebida com o melhor de ti.
       Se não podes reagir como a rosa, que perfuma ao ser esmagada, pelo menos faz como a árvore, que suporta em silêncio a agressão da poda e, mais adiante, responde ao golpe com flores e frutos.

(De DECISÃO, de Antônio Baduy Filho, pelo Espírito André Luiz)