Pesquisar este blog

Páginas

quarta-feira, 30 de setembro de 2015

Emergência

EMERGÊNCIA
 
       Perfeitamente discerníveis as situações em que resvalamos, imprevidentemente, para o domínio da perturbação e da sombra.
       Enumeremos algumas delas com as quais renteamos claramente, com o perigo da obsessão:
       cabeça desocupada;
       mãos improdutivas;
       palavra irreverente;
       conversa inútil;
       queixa constante;
       opinião desrespeitosa;
       tempo indisciplinado;
       atitude insincera;
       observação pessimista;
       gesto impaciente;
       conduta agressiva;
       comportamento descaridoso;
       apego demasiado;
       decisão facciosa;
       comodismo exagerado.
       Sempre que nós, os lidadores encarnados e desencarnados com serviço na renovação espiritual, nos reconhecermos em semelhantes fronteiras do processo obsessivo, proclamemos o estado de emergência no mundo íntimo e defendamo-nos contra o desequilíbrio, recorrendo à profilaxia da prece.

Emmanuel  (Chico Xavier)
(De Estude e Viva, de Francisco Cândido Xavier e Waldo Vieira, pelos Espíritos de Emmanuel e André Luiz)