Pesquisar este blog

Páginas

terça-feira, 29 de setembro de 2015

Efeitos da súplica

EFEITOS  DA  SÚPLICA

 
       É comum ouvirmos dizer que a prece tem efeito transitório; no entanto, podemos dizer que ela é de permanente atuação, tanto no campo somático como na área psíquica, levando à alma, gradativamente, as condições para a libertação do Espírito imortal.

       Confessamos, e tornamos a lembrar, que a oração nos imanta de energia, na ordem profunda do termo, para a divina expressão, para nos lembrarmos de que somos filhos de Deus, no serviço da caridade.

       Compete a nós outros, todos os dias, exercitarmo-nos na conversa com o SENHOR, estabilizando nossas emoções, na asserção de que as nossas possibilidades cresçam, desabrochando em nossos corações os dons de luz, na luz do bem.

       ORAR NÃO É RECLAMAR,
não é somente pedir; é consubstanciar as nossas forças, reconhecendo o poder de Deus dentro de nós, e despertar Cristo nos sentimentos.

       Quem ora com humildade está no caminho do entendimento, para que essa compreensão nos liberte, hoje ou amanhã, das trevas que, por vezes, vibram no nosso mundo interior.

       Quem ora entende a superioridade de DEUS e quem sabe orar começa a se dispor a praticar as leis de amor, na vivência da fraternidade.

       Existem vários tipos de prece:

       Prece-Trabalho

       Prece-Educação

       Prece-Entendimento

       Prece Caridade

       Prece Perdão

       Prece-Amor...

porém, mesmo que se esteja fazendo todas, a de conversar com o Criador, articulando sons, abrindo o coração na humildade de uma criança, é a gratidão que se manifesta naquele que ama o Senhor, sentindo um caminho de luz, a acender todos os seus dons de ouro, dentro do seu próprio paraíso.

(De Páginas Esparsas 2, de João Nunes Maia, pelo Espírito de Bezerra de Menezes)