Pesquisar este blog

Páginas

terça-feira, 23 de junho de 2015

CURSO INTERNET
1ª PARTE
CURSO PARA PRINCIPIANTES NA DOUTRINA ESPÍRITA
Maria Cotroni Valenti
mariazinha.cotronivalenti@gmail.com

10ª. AULA 
CREMAÇÃO E TRANSPLANTES
 PARTE A
CREMAÇÃO E TRANSPLANTES
10ª. AULA
PARTE A
CREMAÇÃO E TRANSPLANTES
A CREMAÇÃO nada tem de prejudicial ao Espírito. Apenas o corpo físico é queimado.
Atualmente, os órgãos competentes têm respeitado todos os cuidados necessários para evitar imprevistos. O tempo de espera, por exemplo, chega a ser de 72 horas após o óbito
para a cremação ter início.
Devido ao apego do indivíduo à matéria, se ele não se desligar do corpo pode passar por um trauma muito grande.
Por isso é aconselhável que a própria pessoa faça sua opção pela cremação, enquanto consciente.
O enterro tradicional também pode ser traumático para os indivíduos com apego exagerado.
A Doutrina Espírita muito nos auxilia com importantes ensinamentos e incentivos ao desapego à matéria.
O TRANSPLANTE involuntário traz os mesmos sofrimentos para os indivíduos apegados à matéria.
A família que doa os órgãos ou o corpo de parentes deve orar muito para o Espírito do mesmo, pois este ato pode estar sendo um instrumento de resgate para o Espírito.
A doação de órgãos é um ato nobre e a lei divina age com justiça.
Todo benefício que a ação de doar causar, o Espírito doador também recebe.
Diz o evangelho: Dá e receberás!
Os indigentes que são levados a serem doadores de órgão vêm com esta destinação.
São carmas ou expiações.
Nem sempre tem mérito para si, mas sempre causa benefício para o outro.
Proporciona o resgate compulsório e automaticamente um bom avanço na sua evolução
(Isso se ele não se revoltar e procurar aceitar e entender).
História:
Um mandarim, autoridade antiga da China, impunha como pena aos seus súditos, a retirada
de órgão dos corpos, ainda vivos.
Os indivíduos morriam em decorrência dos traumas. Esse era o castigo, a punição.
Na encarnação seguinte, ele veio como mendigo (andarilho).
Ao morrer ninguém reclamou seu corpo então ele foi levado para a faculdade de medicina (para estudos).
Como conseqüência das suas faltas cometidas no passado, ele sentiu todas as retiradas que foram feitas no seu corpo, sem nada poder fazer.
Fez assim um grande resgate, porém sofreu muito.
Tudo se explica através da Lei de Ação e Reação.




(Fonte: Escultores de Alma - Chico Xavier)