Pesquisar este blog

Páginas

quarta-feira, 29 de abril de 2015

CVDEE - Centro Virtual de Divulgação e Estudo do Espiritismo  http://www.cvdee.org.br

A MÍDIA E O COMPORTAMENTO HUMANO

QUESTÃO: Os desvios da mídia

1) O Problema da Verdade

a) "A propaganda ideológica, isto é, a que vende idéias e não produtos, é feita de modo mais sutil, e por isso, é mais perigosa.(...) As informações aparecem como se a realidade fosse assim mesmo e houvesse absoluta neutrali-dade na sua apresentação. Isto se dá tanto em obras de ficção como em noti-ciários, entrevistas e documentários. O que na maioria das vezes não percebemos é que há sempre uma seleção prévia de aspectos da realidade que vão ser apresentados e uma interpretação dessa realidade a partir de um ponto de vista que serve a determinados interesses." (1)

b) "Todas as vezes que assistimos um programa de televisão, estamos en-volvidos com uma gravação: o noticiário da TV não é uma realidade natural, mas uma realidade construída. (...) Hoje em dia os editores de noticiários freqüentemente tentam construir as notícias, ao invés de simplesmente transmiti-las." (2)

2) O Problema Sexo-Violência

a) "Estamos sendo dessensibilizados para quase todas as formas de com-portamento degenerado e enganados em nome da 'liberdade' para aceitar que a degeneração é o 'preço que temos de pagar'." (3)

b) "Mas a televisão vende mais que batons, conceitos políticos e cultura. Também vende moral - ou a falta dela." (4)

c) "A maioria dos principais programas vão até onde podem com a linguagem baixa, o sexo, a violência; daí, tendo chegado ao extremo, eles o transpõe, até as pessoas se acostumarem a ultrapassar os limites. Depois disso, o público já está pronto para um novo limite." (5)

d) A TV quase nunca mostra as conseqüências do sexo ilícito ou da vio-lência. Sua avalancha de imagens excitantes ou violentas equivale a uma campanha de desinformação. A mídia cria um mundo 'diferente', em que as ações são inteiramente livres de responsabilidades ou conseqüências. As leis da consciência, da moral e do controle são substituídas pela lei da satisfação imediata.

3) O Problema da Criança

a) 75% das crianças brasileiras tem acesso a TV e passam em média 3 horas diante dela. (6)

b) O jovem americano, ao chegar ao fim do secundário, já passou 17.000 horas em frente a TV, e assistiu, por meio dela, mais de 14.000 assassina-tos.

c) Um recente estudo alemão comprovou que as crianças "não conseguem diferenciar a vida real daquilo que elas vêem na tela. Elas transferem o que vêem no mundo irreal para o mundo real."

d) "Quando notamos, por exemplo, que o respeito conjugal é uma coisa perfeitamente ultrapassada, que a família é uma instituição vencida, que os jovens agridem os pais a beneplácito dos roteiristas de novela e os nossos jovens descambam para o alcoolismo, para as drogas e para os suicídios, estamos diante de um dano irreversível."(7)

e) Para a maior parte da mídia a criança é tratada como adulto, ou seja, um consumidor em potencial de produtos e serviços.

f) Sob influência da própria mídia, muitos pais já não se julgam sufi-cientemente capazes de educar seus filhos, recorrendo a profissionais, ou deixando esta educação a cargo da própria mídia.

Bibliografia:

(1) Filosofando - Maria Lúcia Aranha e Maria Helena Martins

(2) Mídia: O segundo Deus - Tony Schwartz

(3) John Underwood - Revista Seleções- Maio 1991

(4) Revista Despertai - Maio 1991

(5) Donna McCrohan

(6) Revista Veja - 7/10/92

(7) Divaldo P. Franco em "Palavras de Luz"

Colaboração: Ely Edison Matos (CVDEE)

Questões para discussão em grupo:

1) O grupo concorda com os problemas apresentados? Por que? O grupo apresentaria outros problemas considerados sérios? Quais?

2) Qual é (ou poderia ser) um bom uso para a mídia eletrônica? Cite exemplos.

3) Sem dúvida somos todos afetados pelos meios de comunicação. Como deveremos agir (ou reagir) para nosso comportamento não ser controlado e dirigido pela mídia?

4) Como utilizar a mídia em favor da própria educação espírita?